31 de mar de 2009

A POLÊMICA DA DIVISA MARINGÁ X SARANDI,



Aconteceu nesta segunda(30) uma reunião na escola Cecília Meireles(Pq. Alvamar) convocada pela UNISAM para tratar da continuidade da obra da divisa entre Maringá e Sarandi. A UNISAM convidou moradores dos dois municípios que residem na localidade onde a obra não foi concluída. Também foram convidados representantes das Prefeituras de Maringá e Sarandi, porém somente Maringá marcou presença e discutiu com a população ali presente sobre o convênio firmado entre o governo federal e as administrações de Maringá e Sarandi, afirmando que Maringá fez a sua parte e agora resta a Sarandi que cumpra com suas responsabilidades quanto ao andamento da respectiva obra. Cido Spada falou sobre o cancelamento da licitação realizada no dia 18 de dezembro/2008 pois, segundo ele precisava fechar as contas do seu mandato, afirmando que em nenhum momento houve por parte do novo governo a procura pelo grupo de transição para tomar ciência da situação das obras realizadas pelo governo municipal. Os vereadores do PT (Reginaldo e Bianco) por não haver satisfação das explicações dadas e também pela ausência de um representante do atual governo Milton Martini, resolveram apoiar a comunidade em realizar uma reunião nesta terça-feira(31)com o atual prefeito de Sarandi para cobrar do mesmo a determinação em carater de urgência de um nova data para que a obra seja recomeçada e concluída, visto que o ex-prefeito Spada afirmou que para a conclusão da obra será necessário um investimento de R$168.000,00(cento e sessenta e oito mil reais), considerado por ele um valor pequeno para a contra-partida do município.

Nenhum comentário: