29 de out de 2010

DEBATE!

Ao meu entender a Presidenciavel Dilma Russef ganhou o debate, foi firme em suas respostas e principalmente apresentou propostas que de fato vem ao encontro da necessidade do povo brasileiro. Nossa Fura Presidente está de parabéns, pois de fato ira nos representar com carater e honestidade, pois é isso que Dilma carrega com sigo carater e Honestidade e muita vontade de trabalhar cada dia mais por nosso povo que tanto necessita. Parabéns nossa futura Presiente.
"DILMA 13 PARA O BRASIL SEGUIR MUDANDO".

27 de out de 2010

Plataforma de trabalho.

Fraude na licitação do Metrô de SP!


Folha de S.Paulo registrou em vídeo e cartório os consórcios vencedores. Governador determinou a suspensão da concorrência

O jornal Folha de S.Paulo teve acesso aos nomes dos vencedores da licitação para concorrência de lotes da linha 5 (Lilás) do metrô da capital paulista seis meses antes da divulgação oficial. As propostas foram abertas no dia 24 de setembro, mas os resultados só foram informados pelo Metrô na última quinta-feira 21. Na matéria da Folha, o jornalista Ricardo Feltrin revela que obteve uma lista com os resultados no dia 20 de abril, quando gravou um vídeo anunciando os vencedores . Três dias depois, a reportagem registrou o documento em um cartório no centro de São Paulo. No vídeo, Feltrin fala que o conhecimento prévio pelo jornal dos resultados prova que o processo licitatório foi viciado.

A linha 5 do Metrô hoje liga as estações Capão Redondo e Largo 13. Os lotes da licitação são para a expansão dos trilhos até a estação Chácara Klabin, onde será interligada à linha Verde. Ao todo, o valor dos lotes de 2 a 8 passa de quatro bilhões de reais, sendo que 2,28 bilhões correspondem aos lotes 3 e 7. A licitação foi aberta em 2008, no governo José Serra (PSDB). Em 26 de abril de 2010, a estatal do governo paulista rejeitou a proposta do vencedor do segundo lote, o consórcio Galvão/Serveng, alegando a necessidade de “reformulação dos preços dentro das condições originais de licitação”. Na ocasião, todas as 17 empresas que estavam na concorrência tiveram que refazer suas propostas originais. Mesmo assim, a lista divulgada pelo Metrô coincidiu com o previsto pela reportagem da Folha.

O Metrô e a Secretaria de Estado dos Transportes de São Paulo negaram ter conhecimento de qualquer irregularidade. Em nota, a empresa responsável pelos transportes metropolitanos disse desconhecer “qualquer acerto entre as empreiteiras que participaram deste certame e tem todo interesse na apuração dos fatos”. A reportagem procurou todos os consórcios envolvidos, mas apenas o Andrade Guitierrez/Camargo Corrêa e o Odebrecht/OAS/Queiroz Galvão se manifestaram. O primeiro, vencedor do lote 3, diz que tomou conhecimento dos resultados apenas no dia 24 de setembro. Já o segundo, do lote 7, ressaltou que somente os dois consórcios estão qualificados para operar a máquina conhecida como Shield, necessária para a conclusão de ambos trechos. Por isso, “a probabilidade de cada consórcio ficar responsável por um dos lotes era grande”.

Reação – Na mesma tarde da publicação da matéria, o governador Alberto Goldman (PSDB) ordenou a suspensão da licitação. Ele também disse que determinou à Casa Civil que solicite investigação do Ministério Público Estadual e à Corregedoria-Geral do Estado a apuração do caso. O governador não excluiu a possibilidade de prática de cartel entre as empreiteiras. “Isso sempre é uma possibilidade. Em qualquer licitação que se faça essa possibilidade sempre existe. Por isso é que se estabelecem preços-tetos. Aliás, na primeira licitação que foi feita e nós cancelamos, os preços todos estavam acima dos tetos, 30%, 40%, 50% acima dos tetos, e então foi refeito todo o processo licitatório”, disse.

A reportagem também foi comentada pelo ex-governador e candidato à presidência José Serra. O candidato disse que o processo ocorreu após sua saída do governo paulista. Ele também afirmou que pode ter havido acordo entre as construtoras. A Folha de S.Paulo também informou que deputados do PDT na Assembléia Legislativa já iniciaram uma coleta de assinaturas para que seja instaurada uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o caso.

Conheça os vencedores da licitação
LOTE 3 – Consórcio Andrade/Camargo Corrêa
LOTE4 – Mendes Júnior Trading e Engenharia
LOTE5 – Consórcio Heleno & Fonseca/Triunfo Iesa
LOTE 6 – Consórcio Carioca/Cetenco
LOTE 7 – Consórcio Metropolitano 5 (Queiroz Galvão/Odebrecht/OAS)
LOTE 8 – Consórcio CR Almeida/Consbem

MENSAGEM DE DILMA.

A VIDA DE UM DOS MAIORES LIDERES MUNDIAIS.

Feliz Aniversário Companheiro!

Luiz Inácio Lula da Silva

Luiz Inácio Lula da Silva ( Nasceu em Garanhuns, 27 de outubro de 1945), mais conhecido como Lula, é um político e ex-sindicalista brasileiro. Ele é o trigésimo quinto e atual presidente da República Federativa do Brasil, cargo que exerce desde o dia1º de janeiro de 2003.

Lula, forma hipocorística de "Luís", é sua alcunha desde os tempos em que era representante sindical. Posteriormente, este apelido foi oficialmente adicionado ao seu nome legal para poder representá-lo eleitoralmente. É co-fundador e presidente de honra do Partido dos Trabalhadores (PT). Em 1990, foi um dos fundadores e organizadores, junto com Fidel Castro, do Foro de São Paulo, que congrega parte dos movimentos políticos de esquerda da América Latina e do Caribe.

Lula é o brasileiro que mais vezes se candidatou à presidência da República do Brasil, sendo candidato a presidente cinco vezes.

Em 2006 ultrapassou Rui Barbosa, que se candidatou quatro vezes.

Com carreira política feita no estado de São Paulo, Lula é o único presidente do Brasil nascido em Pernambuco. Seu patrimônio pessoal, conforme declarado à justiça eleitoral por ocasião das eleições de 2006, foi avaliado em cerca de 840 mil reais.

Segundo a revista norte-americana Newsweek, Lula se encontrava em final de 2008 no 18° lugar das pessoas mais poderosas do mundo, ocupando a liderança do ranking na América Latina. Em lista divulgada pela revista Forbes em novembro de 2009, Lula foi considerado a 33ª pessoa mais poderosa do mundo. Em ambas as listas, primeira colocação mundial é ocupada pelo presidente dosEstados Unidos, Barack Obama.

Em 2009 foi considerado o 'homem do ano' pelos jornais Le Monde e El País. De acordo com o jornal britânico Financial Times foi uma das 50 pessoas que moldaram a década pelo seu "charme e habilidade política" e também por ser "o líder mais popular da história do país." Para o Instituto Datafolha, Lula era a personalidade mais confiável dentre uma lista de 27, em pesquisa publicada no primeiro dia do ano de 2010.No Fórum Econômico Mundial de 2010 realizado em Davos na Suíça recebeu a premiação inédita de Estadista Global, pela sua atuação no meio ambiente, erradicação da pobreza, redistribuição de renda e ações em outros setores com a finalidade de melhorar a condição mundial. Lula não foi pessoalmente receber o prêmio pois estava com pressão alta.No seu lugar foi escalado o chanceler Celso Amorim que leu o discurso de Lula, quebrando o protocolo de Davos, que diz que uma terceira pessoa não pode ler o discurso de outra.

Uma publicação do jornal Haaretz, com sede em Israel, feita em 12 de março de 2010, afirmou que Lula é o profeta do diálogo, por suas intermediações em busca da paz no Oriente Médio. A revista Time figurou Lula como um dos 25 líderes mais influentes do mundo em abril de 2010.

Também foi condecorado pela Organização das Nações Unidas como o Campeão Mundial na Luta Contra à Fome e à Desnutrição Infantil.Premiação que já foi entregue a Kofi Annan, ex-secretário-geral da ONU, Robert Zoellick, presidente do Banco Mundial eBan Ki-moon, secretário-geral da ONU.

Luiz Inácio Lula da Silva será um candidato ao Prêmio Nobel da Paz para o Brasil em 2011. Lula é conhecido internacionalmente por combater a fome, a pobreza e o analfabetismo de forma democrática assegurando qualidade de vida para as populações mais miseráveis de seu país sul-americano.

OLHA A PESQUISA CNT/Sensus!

Dilma 51,9%; José Serra 36,7%

Pesquisa CNT/Sensus, divulgada há pouco em Brasília, aponta a candidata à sucessão de Lula, Dilma (PT), com 51,9% das intenções de votos contra 36,7% de Serra (PSDB).

Votos nulos e aqueles que não souberam responder somam 11,5 %.

Em comparação com a pesquisa divulgada na última quarta-feira (20), Dilma subiu 5,1% e Serra caiu 5,1%.

Ao se verificar apenas os votos válidos (descontados os nulos e brancos), Dilma tem 58,6% contra 41,4% de Serra.

Em comparação com a última pesquisa Dilma cresceu 5,8% e Serra caiu o mesmo percentual, 5,8%.

Na pesquisa espontânea (em que não é apresentado o nome do candidato aos entrevistados), Dilma tem 50,4 %, Serra 35,7%.

Segundo a pesquisa, Serra apresenta o maior índice de rejeição com 43%. Esse é o maior índice registrado ao longo de toda a campanha. Em contrapartida, 32,5% dos entrevistados disseram que não votariam em Dilma.

Na última pesquisa, Serra tinha 39,8% de rejeição contra 35,2% de Dilma.

A margem de erro é de 2,2 % para mais ou para menos.

A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e realizada entre os dias 23 e 25 de outubro em 136 municípios de 24 estados. Foram feitas 2 mil entrevistas.

22 de out de 2010

Datafolha registra maior índice de aceitação do governo: 82% aprovam Lula


A taxa de aprovação do governo petista, administrado por Luiz Inácio Lula da Silva, alcançou 82% – o maior índice já registrado pelo Datafolha desde 1985 -.

A porcentagem de 14% indica a avaliação do governo Lula como regular, e apenas 3% classificaram como ruim. No total, 4.037 eleitores foram consultados na pesquisa em 243 municípios.

Na pesquisa anterior, divulgada no último dia 15, 81% dos entrevistados disseram que a gestão é boa ou ótima.

DILMA ROUSSEFF E O RENASCIMENTO.

















Dona Dilma, tenho lhe assistido no horário eleitoral gratuito, nos debates, nas entrevistas e acompanhado, um pouco, suas viagens pelo nosso Brasil.

Me parece óbvio que a senhora será nossa presidente, com meu voto inclusive, o que, acredito, será muito bom para todos nós brasileiros.

Mas, dona Dilma, o assunto não é política!

O assunto é essa sua vitalidade, essa sua beleza, essa sua força de vontade, que tanto nos contagia.

Vejamos!

Eu nasci no ano de 1964 e, desde minha tenra idade, tenho assistido a derrocada de diversos homens e mulheres que, infelizmente, por acreditarem que já estão “velhos” demais, acabam se acomodando, apenas aguardando a morte chegar.

Só para termos uma idéia, até há poucos anos, e hoje ainda existem casos assim, quando alguém chegava “aos 40” já começava a desistir de certos sonhos, de lutar pela vida, de enfrentar o cotidiano e – aqui me vem a memória a célebre imagem da vovó sentada na cadeira de balanço com um cobertor xadrez nas pernas – abster-se de viver.

Imagine então se uma destas senhoras, ou senhores, tivesse que enfrentar uma doença maligna então, como a que a senhora, com altivez, combateu? Aí seria o fim!

O que não é o seu caso, que a enfrentou, não se escondeu e mostrou-se vitoriosa.

Mas, felizmente, o tempo é outro e nele entra a senhora, uma mulher, uma guerreira, ícone da luta pelo bom combate, em busca da vitória do dia-a-dia, mas, acima de tudo, um exemplo.

Eu fico até, de vez em quando, devaneando, imaginando, divagando em como é o seu dia, esta loucura de campanha política.

Acredito que é levantar cedo, dormir tarde, gravar os programas de televisão e rádio, ter que aturar alguns assessores “xaropes” que querem ser mais importantes que a candidata, subir e descer de aviões, fazer caminhadas, comícios, carreatas – ufa, canso só em pensar – viajar por este país continental, enfim, algo que muitos meninos e meninas “de dezoito” não conseguiriam.

Mas, lá está a senhora, com vitalidade, perseverança, dando exemplos.

Eu sei que a senhora, assim como eu, a minha esposa, e qualquer outro cidadão ou cidadã do mundo, também tem dias em que “acorda com o pé esquerdo”, enfim, com dores e tudo mais que permeiam o nosso cotidiano, mas, mesmo assim, lá está a senhora, nos brindando com sua alegria.

Por tudo isso, dona Dilma, observo, sem medo de errar, que sua chegada não é única e exclusivamente para uma campanha política, e sim é para dar esse exemplo, a milhões de mulheres – e também homens – de que a vida só termina quando acaba e que devemos viver, sorrir, erguer a cabeça, tocar em frente, mesmo nos piores momentos, pois a vida é bela e devemos amá-la com todas as nossas forças, agradecendo ao Criador por nos tê-la presenteado.

A senhora é a prova inconteste de que a idade do Certidão de Nascimento é bem diferente daquela que levamos na cabeça e no coração.

Tem jovens de 18 com corpo, idade cerebral, de ancião, e tem “velhos” com idade, jovialidade, força e perseverança de recém-nascidos.

Tenho certeza que seu exemplo traz uma nova época, um novo momento, dentro da cabeça destas pessoas “derrotadas”, pessimistas, que “se entregam” muito facilmente.

Sua vinda, dona Dilma, é um divisor de águas, um renascimento positivo para todos nós!

Parabéns e obrigado por nos contagiar desta maneira!

Valmor Antonio Weissheimer

Advogado OAB/PR 51.407

Pato Branco – Paraná


21 de out de 2010

Acaba exigência de fiador para crédito estudantil


Universitários de baixa renda ou de cursos de licenciatura ou, ainda, beneficiários de bolsa parcial do ProUni não precisarão mais conseguir fiador para obter crédito do Fundo de Financiamento Estudantil – o Fies. Essa exigência acabou ontem, por decisão do presidente Lula, e a dispensa de fiador passa a valer imediatamente para os próximos contratos firmados.

A figura do fiador será substituída pelo Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo. Esse fundo será mantido pelo Tesouro Nacional e pelas instituições de ensino que quiserem aderir ao projeto.

O critério de renda favorece os estudantes com rendimento familiar mensal de um salário mínimo e meio por pessoa. No caso dos bolsistas parciais do ProUni, eles terão acesso ao Fies desde que optem pela inscrição no programa no mesmo curso em que são beneficiários da bolsa.

Para oferecer a opção ao aluno, as instituições de ensino terão que repassar para o fundo garantidor parte do que recebem do Ministério da Educação pelos estudantes matriculados no Fies. Dos recursos recebidos pela universidade referentes às mensalidades dos alunos do Fies sem fiador, 7% deverão ser repassados ao fundo.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, aposta que haverá uma grande adesão das universidades ao novo modelo. Ele estima que, até o fim deste ano, todas as instituições de ensino que já fazem parte do programa vão aderir ao Fies sem fiador.

“Temos essa perspectiva porque a retenção é muito baixa. O que exceder 7% é por conta do Tesouro Nacional se houver necessidade de aporte”, observou Haddad.

O ministro acredita que as instituições de ensino terão interesse em aderir à iniciativa também porque ganharão novos alunos. Além disso, o índice de inadimplência nas universidades hoje é de 17%, mas o pagamento repassado pelas mensalidades de quem tem o Fies é feito em dia.

O Ministério da Educação vai abrir prazo para que as instituições possam aderir ao Fies sem fiador.

http://www.brasiliaconfidencial.inf.br/?p=22784

NOTA DE UTILIDADE PÚBLICA!!!





Olá! Meu nome é Jean e sou pai da PIETRA. Esta menina que aparece nas fotos.

Estou escrevendo para solicitar sua ajuda, pois ela esta desaparecida desde o dia 28/11/08.

Por favor não retorne, nem apague... passe adiante!!!
Estou pedindo pelo amor de DEUS que se você tiver qualquer informação sobre ela me avise.


Por favor entrem em contato comigo. Se fosse sua filha você reenviaria ...

Pense nisso!


Muito obrigado Jean
E-mail:
jeanneves@terra. com.br Cel (47) 8413-443

clip_image004

Pelo Amor de DEUS, DIVULGUE essa Foto!!!

Pelo Amor de DEUS, ajude a passar essa foto,
para o maior número de pessoas possível!!!
Esta garotinha foi seqüestrada na Praia do Engenho,
litoral norte de SP, ao lado de Barra do Una.
Passe a foto adiante, o custo é zero e pode ajudar muito.
Deus com certeza há de recompensar-te por isso.
Hoje estás ajudando alguém... Amanhã tu poderás ser o ajudado.
Pense nisso! Não fiques indiferente!
Que DEUS abençoe a todos quantos ajudarem!
Informações:

Disque Denúncia> 0800 15 63 15 ou
DEIC / DIVISÃO ANTI - SEQÜESTRO
> (11)3823-5867 (11)3823-5867 ou 3823-5868

20 de out de 2010

VEJA A DIFERENÇA.

Amigos,
Compare e vote com responsabilidade.

BALAN敲O BRASIL

O ex-Presidente FHC, certa vez, mandou um recado pela televisão ao Presidente Lula para que trabalhasse mais, mentisse menos e não pensasse em terceiro mandato. Com base em dados publicados pela imprensa, é possível fazer um pequeno balanço comparativo dos 8 anos do governo FHC com 7 anos do governo LULA.

Dados do Governo

FHC

LULA

Risco Brasil

2.700 pontos

200 pontos

Salário Mínimo

78 dólares

210 dólares

Dólar

R$ 3,00

R$ 1,78

Divida FMI

Não mexeu

Pagou

Indútria Naval

Não mexeu

Reconstruiu

Universidades Novas

Nenhuma

10 (duas na Bahia)

Extensões Universitárias

Nenhuma

45 (trés na Bahia)

Escolas Técnicas

Nenhuma

214

Valores e Reservas do Tesouro Nacional

185 bilhões de dólares negativos

209 bilhões de dólares positivos

Créditos para o povo - PIB

14%

34%

Estradas de Ferro

Nenhuma

3 (em andamento)

Estradas Rodoviárias

90% Danificadas

70% Recuperadas

Indústria Automobilística

Em baixa de 20%

Em alta de 30%

Crises Internacionais

04 arrasando o país

Nenhuma pelas reservas acumuladas

Cámbio

Fixo: estourando o Tesouro Nacional

Flututante: com ligeiras
intervenções do BACEN

Taxa de Juros SELIC

27%

8,75 %

Mobilidade Social

2 milhões de pessoas sairam da linha da pobreza

23 milhões de pessoas saíram da linha da pobreza

Empregos

780 mil empregos

11 milhões de empregos

Investimentos em Infraestrura

Nenhum

504 bilhões de reais previstos até 2010

Policia Federal

80 prisões

2.750 prisões

Rombo no Estado Brasileiro

30 bilhões (ou mais) nas privatizações

200 milhões de reais pelos Mensaleiros

Mercado Internacional

Sem credito para comprar uma caixa de fosforo

Investiment Great

Economia Interna

Estagnario total com desinflação inercial

Inclusão de consumidores e surgimento de investidores

Reformas Politica, Administrativa e Tributaria

Nenhuma

Nenhuma


Obs.: O Presidente e mais alguns aliados conseguiram ainda os dois maiores eventos esportivos do planeta: Copa do Mundo de Futebol, em 2014 e os Jogos Olímpicos, em 2016. Não por acaso, mas pela respeitabilidade e confiança no Brasil da era Lula. Apesar de alguns criticos de carteirinha, estes eventos gerarara investimentos da ordem de U$ 70 bilhões e cerca de 2 milhões de novos empregos diretos e indiretos.

Tirem suas conclusões.